Miguel Lobo | Ableton Push – Música na ponta dos dedos
15333
post-template-default,single,single-post,postid-15333,single-format-gallery,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.1.2,vc_responsive

Ableton Push – Música na ponta dos dedos

Ableton Push – Música na ponta dos dedos

Para muitos o software de criação musical mais intuitivo da actualidade, o Ableton Live tem uma nova versão e com ela um renovado hardware dedicado à criação musical. o Push.

O Live tem um sistema de funcionamento baseado em composição e sessão, algo inovador que fez muitos utilizadores de DAWs mais tradicionais mudarem a sua forma de compor e a passarem a utilizar o Live como principal ferramenta de criação musical (Fui um deles) . Com o evoluir do software, o render da composição final foi ganhando qualidade e actualmente está, no meu ponto de vista entre os melhores a finalizar e compactar ficheiros áudio. Com a nova versão do software a Ableton aproveitou para renovar o seu interface de música e composição, o Push.

A Ableton preferiu não entrar na azáfama da numeração das versões, o que tornaria este no Push 2, e preferiu simplesmente manter a designação sem numeral. A verdade é que a diferença de um para outro é abissal. Do primeiro posso falar com propriedade, tenho um, e é uma máquina fantástica, bem construída (pela Akai Pro) e que cumpre o que se propõe. Tem uns defeitos de construção mínimos, e com a nova actualização do software, está quase lá.

Esta nova iteração, propõe algumas alterações de fundo, um layout de teclas mais convencional, materiais mais robustos, teclas mais planas, e um ecrã LCD de grande resolução. Com toda esta artilharia o Push já não funciona bem só com a corrente do cabo USB, pelo que será necessário um transformado para usufruir de toda o seu esplendor (um ponto contra). É possível comprar esta nova versão com a entrega do antigo e beneficiar de um desconto de 30%. Ainda assim este Push tem um preço de lançamento 100€ superior ao anterior, num total de 699€ na versão Live Intro.